Por Felipe Cortinas 21/08/2016 18:50 Poá, São Paulo, Brasil

O presidente turco Tayyip Erdogan diz que Estado Islâmico está por trás do ataque.

Um bombardeador suicida com idade de 12 a 14 anos entrou numa festa de casamento que ocorria na cidade turca de Gaziantep no sábado (20) e matou ao menos 51 pessoas.

O ataque foi o mais mortal de uma série de atentados na Turquia neste ano.

“A evidencia inicial indica que foi um ataque do Daesh”, Erdogan comentou em Istambul no sábado também, usando o nome árabe para a ala radical de um grupo sunita islâmico. Ele falou que 69 pessoas estão no hospital e 17 estão gravemente feridos.

A roupa destruída do suicida foi encontrada no local da explosão, disseram os oficiais.

O Estado Islâmico foi culpado por uma série de ataques similares na Turquia, objetivando alvos Kurdos com a intenção de inflar tensões étnicas. O último ataque mais letal foi em Outubro, quando bombardeiros suicidas mataram mais de 100 pessoas num discurso pró – kurdo, onde ativistas trabalhistas se encontravam em Ankara.

Os ataques de sábado vêm junto com o choque da Turquia, que apenas um mês atrás o governo de Erdogan sobreviveu à uma tentativa de golpe promovida pro militares.

As pessoas pró – kurdas do Partido das Pessoas Democratas (HDP), disseram que a festa de casamento era de um de seus membros. Muitos foram feridos, mas a noiva passa bem e não se machucou.

Mulheres e crianças, incluindo um bebê de 3 meses de vida estão entre os mortos.

Sangue e marcas de queimado se encontram nas paredes próximas de onde ocorreu a explosão. Mulheres de branco esperam do lado de fora do necrotério por uma palavra que seja sobre seus entes queridos.

“As celebrações estavam indo para um final e então veio u grande explosão no meio das pessoas dançando”, diz Veli Can de 25 anos. “E havia sangue e partes de corpos por toda a parte”, completou.

r.jpg
Mulheres choram enquanto esperam  na frente do necrotério do hospital na cidade turca de Gaziantep, depois que um suspeito atingiu um casamento com uma bomba, uma celebração no meio da cidade, Turquia Agosto 21, 2016. REUTERS/Osman Orsal
A boy walks in front of a damaged garage door and broken windows at the blast scene of an explosion where a suspected suicide bomber targeted a wedding celebration in the city of Gaziantep
Um garoto anda na frente da porta danificada e vidros quebrados na cena da explosão onde o suspeito suicidada – bomba afetou uma celebração de casamento na cidade de Gaziantep, Turquia , Agosto 21, 2016. REUTERS/via Reuters TV

Fonte:Reuters

 

 

Advertisements